Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Gripe suina - uma suspeita aterrorizante

"E, havendo aberto o quarto selo, ouvi a voz do quarto animal, que dizia: Vem, e vê.
E olhei, e eis um cavalo amarelo, e o que estava assentado sobre ele tinha por nome Morte; e o inferno o seguia; e foi-lhes dado poder para matar a quarta parte da terra, com espada, e com fome, e com peste, e com as feras da terra."
Apoc 6: 7-8



Há poucos anos atrás uma epidemia causou muita apreensão no mundo todo, era a chamada gripe aviária (H5N1), alguns especialistas fizeram um alarde total dizendo que a doença poderia matar mais de 7 milhões de pessoas em todo o mundo. Como sabemos, isto não aconteceu.
Porém poucos anos mais tarde, saiu na mídia uma noticia no mínimo assustadora apesar de não ter causado muita repercussão:
CIENTISTAS RESSUSSITAM O VÍRUS DA GRIPE ESPANHOLA PARA ESTUDAR SUA LETALIDADE.
Abaixo os links destas notícias: (sugiro que leiam a matéria na integra...)

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,AA1288728-5598,00.html

http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI696010-EI238,00.html






Para quem não sabe a gripe espanhola, conhecido também pelo nome de H1N1, foi uma pandemia mundial que em 1918 matou mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo, infectou a metade de toda população mundial e entrou para a história como a pior epidemia já enfrentada pela humanidade.
Os cientistas da universidade de Washington recriaram cuidadosamente os 8 genes do H1N1 trazendo de volta a vida um assassino capaz de matar uma pessoa saudável em apenas 4 dias
destruindo o tecido pulmonar com uma eficiência tal que o doente às vezes se afogava no próprio sangue! (recomendo mais uma vez lera notícia do portal G1) e com o já citado objetivo de estudar sua letalidade eles alertam que um trabalho mais aprofundado em porcos, furões e macacos é necessário para excluir uma possibilidade remota de que a inflamação e a morte celular foram a conseqüência, e não a causa, da brutalidade do vírus.


Isto tudo aconteceu entre os anos de 2005 e 2006, nesta época a onda de gripe aviária já tinha enfraquecido e não tinha feito muitas vítimas humanas. Mas tão logo a notícia foi caindo no esquecimento, em 2009 surge no cenário mundial a temida gripe suína que também é capaz de matar uma pessoa saudável em poucos dias.
No começo este vírus foi anunciado como sendo de uma cepa totalmente desconhecida
Mas com o passar dos meses especialistas admitiram que ele é uma variação (menos mortífera) do terrível vírus que assolou o planeta no início do século passado, inclusive foram encontradas proteínas da gripe humana, aviária e suína nos seus genes.
Os três tipos de gripe mais temidos, reunidos nesta nova pandemia, que “coincidência” não?!

Ao contrário da gripe aviária (H5N1) que não sofreu as mutações necessárias para causar uma
epidemia humana. O H1N1 que contaminou os porcos, rapidamente se tornou uma doença humana já que os orgãos internos do porco são muito semelhantes aos nossos.
Mas fica uma intrigante pergunta no ar:
A propagação deste vírus terá sido acidental ou terá sido intencional???
até me lembrei daquela frase sugestiva...
“o mercado da industria farmacêutica é o seu corpo, mas apenas quando doente”

HÁ... E SE VOCÊ ACHA QUE ESTARÁ SE PROTEGENDO TOMANDO A VACINA, SAIBA QUE ESTÁ MUITÍSSIMO ENGANADO, POIS ELA PODE SER PIOR QUE O PRÓPRIO VÍRUS!!!
EXPLICAREI ISTO EM BREVE...

1 comentários:

Chaiane disse...

Bah ta loko ,essa é mais uma prova de que Jesus está vindo!

Template - Dicas para Blogs