Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

É proibido pensar! (João Alexandre)

Postei aqui aquela conhecida música do João Alexandre intitulada É proibido pensar, Cada dia mais, observando como agem as grandes denominações ditas "evangélicas" vemos que a letra desta música é uma triste realidade em nossos dias... Acorda povo! Deus já nos deu sua palavra para guiarmos o nosso viver e um cérebro para pensar. Não deixe ninguém pensar por você!!!

video

Créditos: nick - Ofilhodoleao (youtube)

A que deus ele serve?! acho que aos dois!

creditos:Hermes Fernandes/Genizah

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Carta de Eliel Vieira a Silas Malafaia - caso Marina

Esta carta foi escrita hoje (28/09/10) pelo irmão Eliel Vieira ao pastor Silas Malafaia, comentando sobre a repentina mudança de opinião de Malafaia a respeito do candidato "ideal" para as eleições. É simplesmente lamentável que os grandes líderes evangélicos trabalhem como formadores de opinião ao invés de orientar o povo que já é políticamente analfabeto a votar corretamente! O sr Eliel previamente autorizou a divulgação do texto abaixo, o original se encontra em: http://www.elielvieira.org/ Fiquem na paz de Cristo!

Título: Carta ao Pr. Silas Malafaia: Sobre o Desserviço que Ele tem Prestado para a Conscientização Política dos Evangélicos


Prezado Pastor Silas Malafaia,

A primeira vez que lhe escrevi diretamente, o fiz no intuito de criticar a aliança que fizeste com o que chamo (não forma não tão irônica) de “Teologia de Satanás”, a teologia do “Todos estes reinos serão teus, se prostrado me adorares” (Mateus 4:9). O Sr. respondeu à minha carta, apresentando alguns motivos pelos quais crê na “unção financeira dos últimos tempos” e, apesar de não concordar com patavinas das justificativas apresentadas pelo Sr., e apesar do Sr. ter dito que minha mente está “envenenada”, apreciei e considerei louvável sua postura de apresentar uma resposta a este crítico que novamente te escreve.

Não escrevo desta vez para comentar sobre alguma peripécia teológica de sua parte. Não escrevo para comentar sobre o seu “clubinho dos salvos”, ou sobre a macumba do trízimo para prosperidade dos desempregados, ou sobre as recentes investidas de Morris Cerullo e Mike Murdock em solo tupiniquim para arrancar dinheiro dos iludidos fieis para enriquecer o seu ministério. Não! Escrevo desta vez para lhe advertir sobre o desserviço que o Sr. tem prestado no que se refere à conscientização política de nossa nação.

Estamos em período eleitoral e, como é normal durante este período, acusações, críticas e novos posicionamentos de todas as espécies surgem quase que diariamente. Todo um quadro político pode mudar em poucos dias, ou até mesmo horas. O Sr. deve concordar comigo quanto a isto, afinal na última sexta feira (24/9) o Sr. declarou voto à candidata do PV à presidência Marina Silva e ontem (27/9) mudou sua posição, declarando apoio à candidatura do tucano José Serra.

O Sr. deixou claro o motivo pelo qual mudou de ideia quanto ao voto para presidente, e este motivo está relacionado com meu objetivo em escrever-lhe. Não se trata, antes que você pense ser este o caso, de o Sr. ter mudado de ideia quanto ao seu voto (o Sr. tem liberdade de votar em quem o Sr. quiser, mesmo que isto implique em mudança de opinião), e também não se trata de o Sr. ter negado voto a uma “irmã” (o fato de alguém ser cristão não diz nada sobre a capacidade desta pessoa de trabalhar a favor povo). Não! Trata-se (e é isto que eu chamo de desserviço) de tratar (e incentivar os seus ouvintes a pensar de igual modo) a questão do aborto e do casamento homossexual como se estas fossem as únicas questões pertinentes sobre as quais um cristão deve pensar ao decidir seu voto.

O povo brasileiro é, por si mesmo, um povo apolitizado. O povo brasileiro não tem consciência política. Não seria exagero nenhum afirmar que o povo brasileiro é politicamente analfabeto. O povo não é de todo culpado deste quadro, afinal, basicamente o único veículo de “conscientização” pública das últimas décadas tem sido a TV, que, acho que o Sr. concorda comigo aqui, traz muito pouco além de manipulação à massa que lhe consome. O povo não é ensinado a pensar sobre política, e quanto mais o povo for assim, melhor para aqueles que tentam se perdurar no poder. (Felipe Neto fala muito sobre isto aqui.)

Agora, que desânimo que dá quando vemos pastores tão influentes quanto o Sr. contribuindo para que o marasmo político de grande parcela da população se perdure! Que vergonha! O que o Sr. e Pr. Paschoal Piragine Jr (e outros vários) têm feito recentemente ao dizer (de forma clara ou subliminar) que o cristão deve considerar primordial a questão do aborto e do casamento homossexual ao definir seu voto, é uma tremenda ajuda ao retrocesso.

De onde veio a ideia a absurda que a questão do aborto é mais importante, por exemplo, que segurança pública, desemprego, saúde, educação e meio ambiente, apenas para citar alguns poucos exemplos. Será que um cristão deve ignorar todas estas questões políticas importantes e basear seu voto levando em conta apenas qual é a posição de certo candidato em relação ao aborto, ou ao casamento homossexual, como o Sr. (juntamente com sua trupe) tem ensinado?

O Sr. declarava até sexta feira passada voto a Marina Silva, porque ela é “irmã”. (Isto por si só já é digno de reprovação, já que isto incentivaria seus ouvintes a votar no primeiro evangélico que vissem pela frente, independente de suas propostas.) Três dias depois o Sr. declara a mudança de voto, porque Marina “dissimulou” em relação à questão do aborto e não foi incisiva como o Sr. achava que ela deveria ser.

O que o Sr. disse com sua posição – e o que seus companheiros têm dito – é que simplesmente não importa se um candidato é bom ou ruim ou se suas propostas para saúde, educação e segurança pública são boas ou ruins: se o tal candidato apóia a legalização do aborto, ele não merece nosso voto; se ele é contra (e eu fico me perguntando quando é que José Serra se manifestou de forma contrária ao aborto) então ele merece os votos dos evangélicos!

Por que o Sr. não ensina seus seguidos a como pensar politicamente, ao invés de pensá-los a o que devem pensar? Por que os mesmos pastores que levantam a bandeira da “ética” contra o aborto são tão indiferentes a outras questões importantes (talvez muito mais importantes) como saúde, segurança pública, educação, econômia e meio ambiente?

Faço a você também as mesmas perguntas que José Barbosa Júnior, do site Crer e Pensar fez em relação à famosa pregação do Pr. Paschoal Piragine Jr, na qual ele critica a “iniquidade institucionalizada” que o PT está instaurando no Brasil. “Por que não dizer também do fisiologismo descarado do DEM, ou isso não seria uma forma de ‘iniquidade estabelecida’? Por que não falar do capitalismo selvagem e neoliberal do PSDB, que achincalha o pobre e favorece os mais ricos, pra que se tornem ainda mais ricos? Não seria isso ‘iniquidade institucionalizada’?”

Quer um conselho, Silas? Se suas palavras não vão contribuir para que o povo evangélico brasileiro aumente sua capacidade de pensar politicamente, cale a boca! Sinceramente, não atrapalhe aquilo que já está péssimo. Continue pregando sobre a sua Teologia de Satanás e tomando dinheiro de fieis iludidos e fique longe da arena pública de debates, que o Sr. ajuda mais (atrapalha menos) o Reino.

Sinceramente,

Eliel Vieira
28/9/2010

É importante salientar que eu não concordo com TODOS os pontos colocados nesta carta. No entanto não posso deixar de afirmar que a confusão causada pelo referido pastor (o mesmo que chamou blogueiros cristãos de picaretas, medíocres, caluniadores, bandidos, etc...) é realmente um desserviço tanto a democracia quanto a imagem dos cristãos-evangélicos.
Lembrando... O POVO DE DEUS NÃO PRECISA DE FORMADORES DE OPINIÃO E SIM DE UMA CONSCIÊNCIA POLÍTICA ADEQUADA COM BASE NOS VALORES MORAIS E ÉTICOS CRISTÃOS E NÃO EM IDEOLOGIAS PARTIDÁRIAS.

domingo, 19 de setembro de 2010

Tudo isso acontecendo e eu aqui na praça...

Apesar da lenta decadência, ainda gosto muito da música brasileira e de seus compositores.
Zé geraldo é um grande compositor da música popular brasileira e autor de letras inteligentes, que nos levam a pensar e refletir sobre a sociedade que vivemos, Escutei pela primeira vez a música MILHO AOS POMBOS, que já é antiga, quando comecei a pesquisar sobre os planos da nova ordem mundial há quase um ano atrás. Este vídeo aqui embaixo nos faz refletir sobre a alienação da sociedade em geral, enquanto os 'senhores do mundo' fazem o que querem com nosso planeta nos tratando como gado. Definitivamente, não podemos fechar os olhos para aquilo que acontece a nossa volta!

video


Se não conseguir abrir por aqui, pega pelo link:
http://www.youtube.com/watch?v=HzasUyYX3-k
Deus abençoe a todos!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Terrorismo psicológico gospel – “Não toqueis no ungido”

Antes de começar a tratar deste assunto eu gostaria de deixar bem claro que considero extremamente importante a submissão à autoridade da forma como ela é proposta pela Bíblia em Hebreus 13:17, pois isto traz grandes benefícios para a edificação da igreja.
Porém, o que temos visto acontecer atualmente é um abuso do bom senso por parte de diversos líderes evangélicos que tem se apoiado em textos bíblicos isolados para sustentar a idéia de que suas decisões não podem ser criticadas nem questionadas. Muitos implantam uma cultura de medo e coação, aproveitando a ignorância do povo, que não lê o seu próprio livro sagrado. Então a igreja passa a ver a vontade ou visão do pastor como sendo a própria “vontade de Deus” na terra, quer seja bíblica ou não! Assim sendo, qualquer um que argumente ou questione é logo visto como rebelde, insubmisso, e ainda está sujeito a toda sorte de retaliações através de isolamentos e até boicotes. Ou seja, é um verdadeiro terrorismo psicológico evangélico maligno.
Uma das passagens preferidas que estes líderes gostam de usar (e abusar) está no Salmo 105, verso 15 que diz: “Não toqueis nos meus ungidos nem maltrateis os meus profetas”.
Qualquer trecho bíblico precisa ser muito bem interpretado para não ser colocado fora do seu contexto correto, especialmente quando é um texto do velho testamento. Então vejamos...
Existiam apenas três classes de pessoas que eram consideradas ungidas do Senhor: reis, sacerdotes e profetas. No entanto, ao ler o Salmo 105 inteiro, fica muito claro que o autor está se referindo a TODO o povo de Israel. Então, se quisermos mesmo aplicar este exemplo a igreja isso indica que TODOS os cristãos verdadeiros são ungidos do Senhor. E para chegar a esta conclusão basta aplicar um silogismo bem simples, Cristo é uma palavra grega que quer dizer “ungido”, a palavra “cristãos” literalmente quer dizer “pequenos cristos”, ou seja, semelhantes a Cristo e, portanto também são ungidos pelo Espírito Santo.
Outro argumento bastante usado é dizer que Davi não quis tocar no rei Saul porque este foi ungido pelo Senhor (1 Sm 24: 1-6 e 1 Sm 26: 1-9).
Ora essa! Usar essa história para defender esse ridículo ensino de imunidade parlamentar espiritual é no mínimo subestimar minha inteligência. Está muito claro na Bíblia que as duas ocasiões estão se referindo a ferimentos físicos, Davi se recusou a matar seu inimigo e com razão, pois o rei Saul estava em uma situação indefesa nas duas ocasiões. (você provavelmente não cravaria Saul com uma lança quando ele entrou na caverna pra cagar e nem quando ele estava dormindo e desprotegido). Mas em nenhum sentido estes textos proíbem o questionamento, a crítica e a análise das coisas que nos são ensinadas.
Por outro lado, não há a necessidade de se criar uma revolução dentro da igreja por conta de pequenas diferenças doutrinárias que podem muito bem ser toleradas e debatidas com amor e sabedoria à luz da Bíblia. Até porque, muitas vezes as críticas têm motivações pecaminosas e lavam a divisões e ‘rachas’ que apenas atrapalham a edificação e o avanço da igreja de Cristo. Então o ideal mesmo é expor claramente seu ponto de vista ao pastor e permanecer em sua igreja. É claro que há casos mais graves, quando doutrinas fundamentais da nossa fé são violadas, quando a liderança é corrupta ou conivente com o pecado. Nestes casos se a liderança já foi alertada e exortada e a situação não muda o melhor mesmo é trocar de igreja. E sair sem causar confusão, pois também temos que ter em mente que Deus é soberano sobre todas as coisas.
Temos como exemplo o caso do padre alemão Martinho Lutero que ao pregar suas famosas teses no castelo de Wittemberg não pretendia se rebelar contra o papa, nem contra seus ditos ‘superiores’, apenas alertou sobre os desvios da igreja. Mediante a negligência do clero ele foi obrigado a sair da igreja romana... à bem da verdade foi expulso! Já pensaram o que teria acontecido se Lutero tivesse entrado nessa de “não toque no ungido”???
Provavelmente estaríamos ainda hoje na idade das trevas!
Que Deus nos de a sabedoria e o discernimento dos bereianos!

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Yonaguni, a estrutura sob o mar do Japão

A estrutura submersa no mar do Japão é sem dúvida alguma, um dos grandes mistérios da arqueologia e da geologia deste século. Tudo começou no ano de 1985 quando um senhor chamado Kirachiro Aratake mergulhou a 250 metros da pequena ilha japonesa de Yonaguni, sudoeste de Okinawa procurando novos locais para levar os turistas para mergulharem. Foi quando se deparou com um estranho “monumento” semelhante a um gigantesco templo Inca. Aratake afirma ter sido tomado por um temor e emoção enorme, pois parecia estar diante de algo impossível.
Deste então, a estrutura de quase 200 metros de comprimento, 140 metros de largura e cerca de 27 metros de altura, que até então estava esquecida sob as águas do pacífico tornou-se o centro de acalorados debates sobre a sua origem. Um geólogo da universidade de Ryukyu em Okinawa chamado Masaaki Kimura foi o primeiro especialista a analisar o achado e conclui que ele foi criado artificialmente, não sendo obra da natureza como acreditavam os locais. Kimura afirmou ainda se tratar de uma obra prima da engenharia, erguida por uma cultura desconhecida que dominava a mais alta técnica e habilidade.
Robert Schoch, geólogo da universidade de Boston (o mesmo que ficou famoso por defender a tese de que a esfinge egípcia foi construída pelo povo de Atlântida) também viajou até o local:
“Essencialmente, é uma face de precipício com o lado de uma pirâmide. Algo extremamente interessante. É possível que a erosão natural da água, combinado com o processo de pedras rachando e se dividindo possam criar uma estrutura deste tipo, mas eu não vejo como tal processo possa ter criado uma estrutura tão bem formada como esta” conclui em seu veredicto. Há até aqueles que acham se tratar de uma parte das ruínas do continente perdido de Lemúria.
O alemão Wolf Wichmann tem uma posição cética. Para ele o “templo gigante” não é nada mais do que um bloco de rocha sedimentar criado pela própria natureza. Até por que, a estrutura tem aproximadamente 10000 anos de idade e nesta época, conhecida como período neolítico as pessoas viviam como caçadoras e nômades. Portanto, não há nenhuma evidência arqueológica que comprove a existência de uma civilização avançada.

Entretanto, as explicações dos céticos ainda deixam várias lacunas sem explicação como, por exemplo: a estátua em formato de rosto humano que existe junto à formação rochosa, os bizarros hieróglifos encontrados no mar, perto da ilha de Yonaguni e uma espécie de estrada que Graham Hancock afirmou existir na base do monumento. Mas convenhamos, não é tão difícil assim acreditar que existam ruínas de civilizações perdidas no fundo do mar! É só lembrar que durante a última era glacial os oceanos estavam 120 metros mais baixos do que atualmente, expondo milhões de planícies costeiras que hoje se encontram submersas.
Encontrei dois vídeos (em inglês) que falam sobre a ‘Piramide de Yonaguni’ para quem quiser saber mais. Um abração a todos!!!

Vídeo 1:

Vídeo 2:

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Vergonha: Edir Macedo apóia o aborto

Muitos já devem ter visto esta semana o vídeo em que Edir Macedo (recuso-me a chamar este demônio de bispo) aparece em uma palestra defendendo abertamente a prática do aborto como forma de "planejamento familiar". Apesar de já conhecer a opinião dele há tempos, não deixa de ser chocante a frieza com que ele defende esta prática tão covarde e cruel. O aborto nada mais é do que o velho abuso que a humanidade comete contra os indefesos, crianças inocentes que não tem como se defender, estão sendo mortas aos montes esquartejadas por afiadas foices ainda dentro do útero, outros são envenenados com sal e sofrem durante horas antes de morrer em lenta agonia, outros ainda são esmagados e sugados como se fossem lixo. Estes pequeninos estão pagando pelos erros cometidos 'aqui fora', muitas vezes frutos da própria concupiscência e lascívia humana. Pode um verdadeiro cristão, seguidor dos ensinos de Jesus Cristo aceitar isso?! Seja anátema!!! É claro que deve haver planejamento familiar, e para isso que existem vários métodos contraceptivos: camisinhas, anticoncepcionais, CASTIDADE, etc...

Olha só, há quem defenda o aborto em casos de estupro ou em casos que a gestação ofereça risco de morte para a mãe, caso, por exemplo, das crianças com anencefalia, que nascem sem cérebro ou com sérios defeitos no mesmo e morrem, geralmente horas depois do nascimento; Esse último ponto até poderia ser discutido. Mas dificilmente você verá, mesmo na boca dos mais incrédulos ateus a defesa desta prática com base no planejamento familiar e controle de natalidade! O que vamos pensar então quando esse repugnante argumento vem da boca de um líder supostamente cristão?!?!

Edir Macedo através uma hermenêutica duvidosa, afirma que a Bíblia endossa o aborto com base no texto bíblico de Eclesiastes 6:3. O que é uma mentira blasfema! Vamos ao texto...
“Se o homem gerar cem filhos, e viver muitos anos, e os dias dos seus anos forem muitos, e se a sua alma não se fartar do bem, e, além disso, não tiver sepultura, digo que um aborto é melhor do que ele”. (Eclesiastes 6:3)

Basta saber o contexto do livro para entender que o termo é empregado aqui ao extremo, como hipérbole para enfatizar as dificuldades de uma vida sem Deus. Não precisa nem ser um aluno ou professor de teologia, nem ser expert em interpretação de textos para entender isso. Ou ele é burro ou ele é realmente maquiavélico e pretende se alinhar com o pensamento iníquo deste mundo. O mesmo mundo que agora jaz no maligno.
Estou extremamente indignado; cada vez que ouço este Herodes do século 21 falar estas coisas neste vídeo minhas entranhas se revoltam. Não bastava esse canalha ter criado uma igreja estelionatária e avarenta, não bastava ter contaminado o genuíno evangelho de Cristo com elementos do sincretismo religioso barato, não bastava! Ele ainda conseguiu ir além e agora tem suas mãos sujas com sangue inocente, pois infelizmente ele é um formador de opinião e tem influenciado muitas pessoas. Pessoas que ainda acreditam que essa grande organização prostituta chamada IURD é uma igreja cristã. Que Deus de sabedoria a seu povo!
Por favor, quem quiser dar sua opinião sobre o assunto fique à vontade, Mas advirto que não aceitarei de forma alguma afirmações pseudo-religiosas do tipo "não julgueis para não ser julgado" ou "ele é ungido do Senhor, não fale contra ele". Definitivamente este covarde não é um homem de Deus, nem aquela zona de meretrício é uma igreja cristã. E ficar calado diante da iniqüidade é pecado de omissão. Querido leitor, acha que estou usando palavras fortes? Elas não são nada diante da confusão que está sendo criada na mente de muitas pessoas por tão nefasta posição tomada por este líder.
Ao povo de Jesus exorto que não se vendam ao sistema podre deste mundo. Fomos chamados para sermos luz em meio às trevas. E a todos, sugiro que assistam na integra o vídeo abaixo, que tem causado tamanha indignação na comunidade cristã e até mesmo entre os que não seguem a nossa fé. Vejam também os links que postei no final deste tema, é muito importante.
Afinal, uma imagem vale mais que mil palavras...
Um abraço a todos, fiquem na paz!

video


LINKS...
Musica de Fernanda Brum sobre o tema:
http://www.youtube.com/watch?v=PeR5ZkrjVFM

Música e concientização
http://www.youtube.com/watch?v=ubd1CipZJAU&feature=fvsr

Campanha em defesa pela vida:
http://www.youtube.com/watch?v=HB_rhvTF-aE&feature=related

Para ler - MINISTÉRIO CACP:
http://www.cacp.org.br/iurd/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=2469&menu=18&submenu=2

Template - Dicas para Blogs