Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 18 de março de 2010

Cobertura espiritual existe?

As vezes convivemos com certos termos no meio evangélico que se tornaram tão normais que nem paramos para pensar se o uso é bíblico ou não.
Existe uma preguiça de abrir a palavra e, assim como os bereanos faziam, examinar as escrituras para saber se as coisas são como nos falam, e assim engolimos qualquer bobagem que é dita!
Ha tempos se dissiminou no meio das igrejas a idéia da 'cobertura espiritual'. É comum ouvirmos a pergunta: "quem é tua cobertura?".
Mas qual é a base bíblica para esta doutrina? ela realmente existe? Na verdade se você procurar por toda a Bíblia verá não existe a menor base bíblica para a tal 'cobertura espiritual' da qual tanto ouvimos falar em nossos dias.
Este termo hoje, está relacionado a autoridade e submissão. Ou melhor: a manipulação e controle!
Isto na realidade nada mais é do que a prestação de contas a uma denominação ou ao ministério de algum irmão obreiro que é supostamente mais importante ou abençoado do que a congregação local que está de abaixo de sua autoridade.
Criou-se a idéia de que a igreja local e seus membros estariam 'protegidos', por tal cobertura. Isso lembra mais ou menos como funciona o esquema de franquias, com um detalhe a mais e muito importante: O forte esquema hierárquico que existe neste sistema!
Que fique beeeem claro... NÃO estou aqui para fomentar rebeldia, pois isso é coisa do demônio; Aliás, como um líder na igreja, prezo pela respeito e pela ordem, isto sim é Bíblico:

"Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil."
Hebreus 13:17.


Mas isso em hipótese alguma quer dizer que um líder eclesiástico tenha o direito de me controlar!
A questão da cobertura espiritual deixa algumas dúvidas bem profundas. Veja bem, se eu sou um leigo e estou 'coberto' pelo pastor, e quem 'cobre' o pastor é normalmente uma denominação de prestígio ou algum irmão considerado superior hierarquicamente (às vezes se auto denominam apóstolos). Mas vem a calhar perguntar: quem 'cobre' estes? A resposta invariavelmente é de que Deus cobre eles.
Então posso fazer uma pergunta ainda mais devastadora: "O que impede que Deus seja a minha cobertura como 'leigo'? ou de qualquer outro membro da igreja?
Como podemos ver, existe uma lógica bastante contraditória neste modelo não?!
Com este raciocínio concluir que:
1 Não precisamos de nenhuma cobertura humana, pois cada um dará conta de si próprio a Deus:
“... Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.” Romanos 14:12.


2 - Devemos sim, respeitar e obeceder nossos líderes, pois isto é bíblico e agradável a Deus, Ele odeia rebeldia; o que não significa que não possa haver objeções ou questionamentos sobre o que está sendo pregado pelos líderes eclesiásticos:

"Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão." Gálatas 5:1.

"Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor." Gálatas 5:13.

A Bíblia nos ensina que é muito importante congregarmos em algum lugar, Além de termos comunhão com os irmãos isso nos torna mais responsáveis de nossos atos. O que não devemos esquecer é que nossos lideres não são infalíveis e nem são detentores da liberdade dos membros, Cristo nos chamou para sermos livres e só seremos livres quando aprendermos a amar a verdade.

“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Que Deus abençoe a todos!

1 comentários:

midia disse...

Concordo plenamente com o teu raciocínio em gênero e grau!!!
isto nos tempos áures do cristianismo, nunca existiu, é mais um modismo que se prega nas igrejas.
o evangelho é tão simples e as pessoas complicam cada vez mais, só para confundir os pensamentos e a fé, que tem que ser pura e verdadem em Jesus Cristo, filho de Deus, que morreu por nós na cruz do Calvários, para que pudéssemos através do seu sacrifício sermos salvos e enquanto aqui nesta terra sermos abençoados e protegidos pelo seu sangue e seus anjos celestiais, guiados pelo Espírito Santo!
Pronto!
...maldio o homem, que confia no homem...jamais esquecerei disto!
se levantar contra um servo de Deus, jamais...
mas aceitar a carnalidade e desvio das diretrizes iniciais do evangelho, nem pensar!
MIDIÃ RODRIGUES

Template - Dicas para Blogs